Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 de dezembro de 2017

Elvis falando sobre as criticas






Quando comecei a atuar ao vivo nas primeiras vezes, toda a gente se sentia feliz. Todos os jovens vinham e se divertiam, libertando imensa energia, sem ninguém se magoar. Foi assim durante mais ou menos dois anos. Continuei a cantar as canções que as pessoas gostavam e continuei a fazer o que sempre tinha feito sobre o palco.

Mas durante os últimos seis ou sete meses, tenho recebido criticas por parte de muitas pessoas por “me perder” nas minhas atuações, por cantar da forma que canto sobre o palco. Não consigo realmente entender. É a única coisa que posso dizer, é a única explicação que tenho.

   Tenho estado a fazer o mesmo desde que comecei a cantar ao vivo, durante pelo menos dois anos e meio, até agora. E tem sido apenas durante os últimos meses que tenho sentido as críticas. Por isso calculo que seja porque os meus discos ficaram mais conhecidos. Calculo que quanto mais famoso se é, mas criticas se recebe. Se ainda estivesse a atuar num Festival de Música qualquer em Memphis, ninguém iria se importar com o que eu fazia ou cantava. Mas agora, como conheço cada vez mais pessoas e canto cada vez em mais lugares com mais frequência, é uma história diferente.

Mas posso dizer uma coisa. Não faço quaisquer esquemas de movimentos para as canções que canto, como já ouvi algumas pessoas dizer. Canto como canto e ajo como ajo porque para mim é natural fazê-lo enquanto canto. Não o faria se achasse que não era a coisa mais adequada de se fazer, ou se achasse que prejudicava alguém com isso. Se achasse isso, fazia as malas, voltava para casa e nunca mais cantaria uma única nota.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

back to top