Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

24 de maio de 2015

500 miles




Informação:
500 Miles foi escrita por Hedy West. É uma balada famosa sobre um homem que está dolorosamente longe de casa e que se transforma num êxito de folk através da versão de Peter, Paul and Mary, no seu álbum de estreia em Nº 1, Peter, Paul and Mary (1962) e também através da versão do cantor de country Bobby Bare, que foi êxito no Top 10 em 1963. Em 1989 500 Miles regressou às tabelas (Nº 97) com a versão dos The Hooters, um quinteto de rock da Filadélfia, com um arranjo totalmente diferente. No entanto, rendições mais suaves, como a doThe Kingston Trio, aproxima-se mais do verdadeiro espírito da canção.

Elvis gravou esta canção em 1966, pensa-se que em Graceland
Letra:
 
If you miss the train I'm on
Se você perder o trem onde vou
You will know that I am gone

Você saberá que fui embora
You can hear the whistle blow a hundred miles

Você poderá ouvir o apito a cem milhas
A hundred miles, a hundred miles, a hundred miles, a hundred miles

A cem milhas, a cem milhas, a cem milhas
You can hear the whistle blow a hundred miles

Você poderá ouvir o som do apito
Lord I'm one, Lord I'm two, Lord I'm three, Lord I'm four

Senhor, eu estou a cem, Senhor eu estou a duzentas, Senhor eu estou a trezentas, Senhor eu estou a quatrocentas
Lord I'm five hundred miles away from home

Senhor eu estou a quinhentas milhas longe de casa
Away from home, away from home, away from home, away from home

Longe de casa, longe de casa longe de casa
Lord I'm five hundred miles away from home

Senhor eu estou a quinhentas milhas longe de casa
Not a shirt on my back, not a penny to my name

Sem uma camisa nas costas, sem um centavo para o meu nome
Lord I can't get back home this ole way

Senhor eu não posso voltar pra casa desse jeito
This ole way, this ole way, this ole way, this ole way

Desse jeito, desse jeito, desse jeito
Lord I can't get back
home this ole way
Senhor eu não posso voltar pra casa desse jeito

Onde foi lançada:
Primeiro lançada em In A Private Moment
 
LPs/CDs:
- In a Private Moment (2000) - FTD

22 de maio de 2015

Frases de Elvis Presley

"Não há mais nenhum lugar no mundo onde podemos deixar de conduzir um caminhão e passar a conduzir um Cadillac da noite para o dia." - sobre o Sonho Americano.

"Para mim, a coisa mais linda do mundo é um bebé tão lindo como a mãe." - sobre a beleza.

"Elas vêm sempre primeiro... são a coisa mais preciosa do mundo. Um pai deveria fazer tudo ao seu alcance para dar a uma criança um sentido de família." - sobre as crianças.

"Só um homem morto é que não tem motivos para se preocupar." - sobre a compaixão.

"A morte é a coisa mais difícil para alguém aceitar, mas temos de aceitá-la, senão vivemos toda a vida  temendo-a." - sobre a morte.

"Não faz mal senti-lo, desde que não o demonstremos." - sobre o medo.

"Os amigos são pessoas com as quais podemos falar... mesmo sem palavras, se tiver de ser assim." - sobre os amigos.

"Deus é amor... uma presença amorosa para todos nós." - sobre Deus.

"A felicidade é saber que fizemos um bom trabalho, quer seja profissional ou algo por alguém." - sobre a felicidade.

"Cuidem bem dos vossos fãs e podem ter a certeza que eles cuidarão bem de vocês."
 
"Eu não era exatamente um James bond nos Filmes, mas também nunca ninguém pediu ao Sean Connery para cantar uma canção enquanto se esquiva das balas.”
 
“O dinheiro existe para ser espalhado, quanto mais felicidade ajudar a criar, mais valor tem.”
 
“Quando não se está apaixonado, não se está vivo.”
 
“Se eu tivesse dormido com todas as mulheres que as revistas dizem que dormi, já teria morrido há muito tempo.”

21 de maio de 2015

Elvis Presley em 8 de janeiro de 1935 - biografia

8 de janeiro de 1935
Em Tupelo, no Mississippi, pouco antes do amanhecer, numa casinha de duas divisões construída pelo seu marido e cunhado, Gladys Presley dá à luz dois gêmeos idênticos. O primeiro, Jessie Garon, nasce morto. O segundo, Elvis Aaron, nasce com vida e saúde. 
Elvis viria a ser o filho único do casal.

20 de maio de 2015

G.I Blues - Curiosidades sobre o filme



Depois de uma ante-estreia no Majestic Theatre em Dallas, em 18 de Agosto de 1960, G.I. Blues estreou nacionalmente em 23 de Novembro. Foi apresentado em muitos outros cinemas com Walk Tall, em que Willard Parker e Joyce Meadows eram os atores  principais. Antes de estrear nacionalmente, G.I. Blues foi projetado em várias bases militares.
  • O canal televisivo de Los Angeles, KTTV, planejava difundir a estreia no Fox Wilshire Theatre da cidade em 15 de Novembro de 1960, mas a difusão foi cancelada por causa da incapacidade de arranjar um tanque Sherman para a estreia.
  • A exibição especial, que era para recolher fundos para a Fundação dos Hemofílicos, teve cobertura na rádio. Entre as celebridades entrevistadas estiveram Juliet Prowse, Ronald Regan e César Romero.
  • A produção para G.I. Blues começou em 2 de Maio de 1960 e durou até finais de Junho. Todas as cenas de Elvis foram filmadas nos estúdios da Paramount. Uma equipa de filmagens foi enviada para a Alemanha Ocidental para passar várias semanas no local filmando paisagens que seriam depois incluídas como forma de dar ambiente ao filme.
  • Elvis ficou hospedado no Beverly Wilshire Hotel durante as filmagens. Originalmente, o personagem de Tulsa era chamado Tulsa McCauley. Foi mudado para Tulsa McLean pouco antes do início da produção. No entanto, muitas críticas  da época, bem como vários livros de referência publicados ao longo dos anos desde então, utilizam incorrectamente o nome original.
  • Durante as filmagens nos estúdios da Paramount, Elvis se fez de anfitrião ao Rei e Rainha do Nepal, Rei e Rainha da Tailândia e princesas da Suécia, Noruega e Dinamarca.
  • Na cena passada no duche da base, foram utilizados pedaços de madeira em vez de sabonetes para as cenas filmadas de longe. Para os grandes planos, utilizaram-se sabonetes verdadeiros.

27 de fevereiro de 2014

Elvis Presley em 24 de fevereiro de 1957


Em 24 de fevereiro de 1957 Elvis Presley finalmente termina a versão de Loving You que iria aparecer em disco. Também manteve a sua promessa feita a Sam Phillips de que iria gravar When It Rains it Really Pours, que não conseguiu completar na Sun. Depois da conclusão desta sessão de gravação, Sholes tinha 7 originais prontos em 2 dias de trabalho.


In February, 24, 1957 Elvis Presley finally completed the version of Loving You that would appear on record. He also kept his promise to Sam Philips to record When It Rains It Really Pours, which he didn't completed at Sun. After the conclusion of this recording session Sholes had 7 finished masters from 2 days of work.

12 de fevereiro de 2014

CARRO DE ELVIS PRESLEY NA RECEPÇÃO DO HILTON/Elvis' car in Hilton lobby


Vejam estas fotos! O carro de Elvis está agora em exposição na receção do LVH, o ex Hilton Hotel em Las Vegas (e, antes disso, o International Hotel!). Estas fotos mostram o carro do Rei sendo movido para dentro da receção, para perto da bilheteira e da sua estátua. E para os que querem saber: sim, é um Lincoln. E quanto ao tempo que vai estar exposto, não se sabe ainda a data.

Check out these great exclusive pictures! Elvis' car is now on display in the lobby of the LVH, the former Hilton Hotel in Las Vegas (and before that, the International Hotek)! These shots show the King's car being moved inside the lobby near the Box Office and the statue. And for those who would like to know: yes, it is a Lincoln. As to how long it will remain on display, there's no date given.

11 de fevereiro de 2014

Elvis Presley FTD FUN IN ACAPULCO - Abril de 2003


A qualidade da embalagem deste álbum é muito boa. A capa vem no tamanho de 7 polegadas e se abre em 3 partes exibindo ótimas fotos em papel especial! Além das canções originais lançadas na época, você terá acesso a vários takes alternativos.


Fun In Acapulco - 2:29 (Weisman/Wayne)

Vino, Dinero Y Amor - 1:53 (Tepper/Bennett)

Mexico - 1:58 (Tepper/Bennett)

El Toro - 2:41 (Giant/Baum/Kaye)

Marguerita - 2:39 (Don Robertson)

The Bullfighter Was A Lady - 2:02 (Tepper/Bennett)

(There’s) No Room To Rhumba In A Sports Car - 1:52 (Wise/Manning)

I Think I’m Gonna Like It Here - 2:51 (Robertson/Blair)

Bossa Nova Baby - 2:02 (Leiber/Stoller)

You Can’t Say No In Acapulco - 1:54 (Feller/Fuller/Morris)

Guadalajara - 2:43 (P. Guizar)

Love Me Tonight - 2:00 (Don Robertson)

Slowly But Surely - 2:14 (Wayne/Weisman)

Mexico - 1:58 (Tepper/Bennett)


Take 7 The Bullfighter Was A Lady - 2:01 (Tepper/Bennett)

Remake take 17 I Think I’m Gonna Like It Here - 2:35 (Robertson/Blair)

Remake takes 18, 19 Bossa Nova Baby - 2:53 (Leiber/Stoller) Takes 1, 2

The Bullfighter Was A Lady - 3:52 (Tepper/Bennett)

Takes 4, 5, 6 Marguerita - 2:51 (Don Robertson)

Take 6 I Think I’m Gonna Like It Here - 2:51 (Robertson/Blair)

Take 1 Mexico - 2:41 (Tepper/Bennett)

Takes 1, 2 You Can’t Say No In Acapulco - 3:11 (Feller/Fuller/Morris)

Takes 1, 2, 3, 4 Guadalajara - 2:27 (P. Guizar)

Take 2 Bossa Nova Baby - 2:48 (Leiber/Stoller)

Take 3 Mexico - 2:10 (Tepper/Bennett)

Take 6 I Think I’m Gonna Like It Here - 3:54 (Robertson/Blair)

Takes 11, 12, 13 - remake Guadalajara - 2:55 (P. Guizar)
back to top